"Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente" (Clarice Lispector).







terça-feira, 19 de outubro de 2010

Uma confissão

A fraqueza me assusta. Bem no fundo... a sociedade religiosa me assusta. A fraqueza é inata a minha natureza e por demais conhecida por meus membros. Não há escapatória para a minha razão. Do que adiantaria gritar: sou forte! Pois, minhas mãos esticam-se em busca de impurezas, meus pés correm ao desfiladeiro dos perdidos, meus pensamentos secretos deflagram meu coração corrompido.

As minhas necessidades desfalecem meus joelhos; trêmulos eles se dobram ante meu limite. A angustia suga minhas forças, as que ainda me restam. O clero intolerante me ignora. Esta é minha cicatriz aberta. O sistema eclesiástico varre feito rodo os pequenos debilitados e improdutivos para a engrenagem do legalismo ferrenho.

Sigo tímido, calado.

Confessar minhas fraquezas torna-me réu público. Por certo, meus olhos serão perfurados, minhas mãos amordaçadas e meus pés acorrentados. Em cárcere: serei vilão, imundo, indigno e solitário.

Do que ainda me resta...

Na prisão do gélido amor, entre as grades do farisaísmo religioso, em frente a fétida janela da falsa perfeição humana, gritarei: Sinto prazer em minhas fraquezas! Que o Vento incontido sopre e leve para longe a resposta de meus gritos. Que todos os ouvidos deste mundo possam ouvir o sussurro do Eterno que, suavemente, acaricia minha alma dizendo: a minha graça te basta!

4 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo Vitor Hugo,

Graça e Paz!

Fico feliz em vê-lo blogando outra vez!
Estava com saudade!

Seja bem vindo!

Um grande abraço!
Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Vitor Hugo da Silva - Joinville, SC disse...

Pastor Carlos!

Fico ainda mais feliz com a sua visita. Estou de volta, até quando não sei.

Um abraço!

Marcos Wandré disse...

Graça e Paz, Vitor Hugo

Belo texto, meu irmão. Chega de falsos super heróis da religião!

Semelhantemente, o Pr. Ricardo Gondim ousou expor suas fraquezas e dúvidas, e por conta disso, foi massacrado verbalmente pelos pitbulls da religião e fundamentalistas ortodoxos...

Sugiro uma leitura pra ti: O texto do Gondim, "Bem-aventurado os fracos" que está disponível no site dele. Este texto é belíssimo!!

Um abração Nele,

Vitor Hugo da Silva - Joinville, SC disse...

Marcos!

Obrigado pela dica de texto. O Ricardo, sem ele saber, tem sido um grande mentor para a minha espiritualidade. Infelizmente, a religião expurga aqueles que consideram-se fracos e débeis. Contudo, Cristo os chama para uma comunhão íntima a todos quesconfessam suas fraquezas. ISto é consolo é alegria, isto é Graça.

Um abração!
Vitor.